agosto 02, 2012

Voltar

Acho que é hora de voltar a escrever, colocar as ideias, os desabafos, as magoas, tristezas, alegrias para fora. Talvez esse pequeno espaço seja meu único refúgio onde encontro paz e tranquilidade, onde posso ser eu mesma, sem medo de errar, de acertar, de ser julgada, nem coisa nenhuma, apenas eu com meus pensamentos, algumas vezes malucos, outras vezes nem tanto.
Tenho carregado tanta coisa em meu interior que as vezes sinto como se fosse explodir, ou me afogar, preciso tirar algumas, ou todas essas coisas de mim, preciso ter um pouco de paz e sossego, de equilíbrio e fugir um pouco do caos.
Na verdade, queria ser livre, ter a mente totalmente aberta, ter o coração leve e a alma serena. Não carregar os pesos que me colocam, ou que eu mesmo coloco, nas costas. Viver a minha vida, no meu canto, vivendo só os meus problemas, ou aqueles que eu decidisse abraçar, sem ninguém me cobrar ou me impor algo que eu não quero porque não me pertence.
Escrevendo aqui, no meu espaço, já me sinto um pouco melhor. Confesso que estava com saudades daqui, aqui sempre foi minha terapia, meu melhor ouvinte, voltarei mais vezes porque sinto falta deste meu amigo fiel e porque preciso, mais do que nunca, deste ombro que nunca me falta e nunca faltará.

Um comentário:

Van disse...

Olá tudo bem? Recebi uma tag e tenho que indicar outros blogs para responder. Fica aqui o convite para responder a tag ;) Coloquei o seu blog lá na minha lista: www.theladydarkness.blogspot.com.br
Bjs