janeiro 18, 2006

Sozinho


"Um ser sozinho

anda pela noite

Não vejo seu rosto

Só sinto sua presença,

A me olhar, a me observar

Também sou sozinha

Não temo, não me temas

O ser anda,

Ronda pela noite

O que quer?

Onde vai?

Um ser sozinho

Anda pela noite

A observar."

(By Lé)

Um comentário:

_L_O_G_A_N_ disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.